Trade Esportivo De Futebol E O Problema Da Banca Redonda

Trade Esportivo De Futebol E O Problema Da Banca Redonda

No trade esportivo de futebol, somos movidos todos os dias pelos sonhos e pela vontade de um dia viver de trade, atingindo a independência financeira. 

Algumas pessoas têm como sonho comprar um carro. Outras, a casa própria. Alguns preferem viajar, e alguns simplesmente querem acumular patrimônio através das apostas. 

Independentemente disso, a primeira coisa que todo trader busca no trade esportivo é aumentar a banca para poder alavancar o tamanho das apostas. 

Afinal, ninguém ganha dinheiro apostando sempre os mesmos valores baixinhos do início. 

Muita gente prefere começar de baixo. Colocando 100 dólares ou um pouco mais e ir escalando aos poucos. 

Alguns preferem começar com mais para poder apostar valores maiores. 

Mas existe um problema nisso: muita gente sofre da síndrome da banca redonda. 

Você tem ideia do que seja isso? 

Ocorre quando uma pessoa coloca um determinado valor na banca com o intuito de alcançar, por exemplo, os mil dólares. 

E não há nada melhor do que subir aos poucos, sabendo que a banca está crescendo graças à evolução no trade esportivo de futebol. 

O problema começa quando a pessoa não aceita de forma alguma que aquele valor redondo caiu. 

E se você quer começar a operar nesse mercado, precisa entender que existe uma variância muito grande rondando-o. 

Por isso, não espere que a sua banca esteja sempre redonda. Isso nunca vai acontecer. 

Por Que Isso Acontece No Trade Esportivo De Futebol? 

Isso acontece no trade esportivo de futebol porque o sucesso e a realização são duas das melhores sensações que uma pessoa pode sentir. 

E isso acontece quando ela atinge determinado patamar na banca sem fazer apostas malucas fora do limite proposto. 

Por outro lado, a sensação de retrocesso é inadmissível para a maioria das pessoas. 

Ou seja, o que acontece é que muitas pessoas conseguem chegar no valor esperado, por exemplo, os mil dólares, e depois não aceitam de forma alguma que a banca diminua. 

E existe um perigo muito grande nessa forma de pensar. 

Ninguém quer retrocesso. Todo mundo quer sucesso e progresso. 

Porém, a carreira no trade esportivo não segue uma linha contínua. Ela é torta, e algumas vezes será necessário dar um passo para trás para poder então dar dois para frente. 

Simplesmente não existe uma forma de manter o seu gráfico sempre em linha reta. 

Observe essa imagem abaixo. 

Esse gráfico, retirado do Sharkscope, pertence a um dos maiores jogadores de poker do mundo. 

Como você pode ver, ele tem um lucro de aproximadamente 9 milhões de reais. 

Porém, se você observar bem, verá que ele tem muitos pontos de queda. 

Pode não parecer, mas a verdade é que alguns desses pontos mostram uma downswing de mais de 500 mil reais. 

Se você não consegue lidar com a perda de 500 reais na sua banca, consegue se imaginar perdendo meio milhão? 

Por isso é tão importante seguir uma gestão de banca à risca e trabalhar bem o mindset do jogo. 

O Que Pode Acontecer De Mais Grave Nesse Cenário? 

trade esportivo de futebol

O pior que pode acontecer nesse cenário é chegar a mil dólares, cair para 950 dólares, e na tentativa desesperada de recuperar os 50, começar a aumentar os valores de apostas. 

E obviamente o que acontece é que a pessoa passa a perder cada vez mais. E em questão de minutos, pode colocar tudo a perder. 

Todo o trabalho que levou semanas ou meses para conseguir. Tudo pelo descontrole do emocional de não conseguir ver a banca cair. 

Entenda: não existe trade sem variância. Ou você aceita, ou não começa a trabalhar como trader. 

O que você pode fazer para não destruir o seu psicológico é um truque simples. 

Se você atingiu o tal valor redondo, de por exemplo mil dólares, assim que esse valor superar esse número, você pode simplesmente diminuir o percentual de apostas. 

Por exemplo: vamos supor que você esteja operando sempre com 5% da sua banca. 

Ora, 5% de mil são 50 dólares. 

Vamos imaginar então que você tenha chegado até os 1050 dólares. 

Ao invés de operar a 5%, volte a operar com 2%.  

Assim, vai ficar difícil de você quebrar esse valor redondo. E, dessa forma, vai operar com muito mais tranquilidade quando não obtiver bons resultados. 

O que você acha dessa estratégia? Deixe o seu comentário abaixo, e aproveite para compartilhar esse post nas suas redes sociais!  

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *